Bem-vindo ao Centro Islâmico Brasileiro - Últimos Artigos: Uma perspectiva filosófica sobre a singularidade do Alcorão - Tema a Deus onde quer que esteja - Deus & os limites da imaginação humana - Capítulo 3, Aali-Imran (A Família de Imran) (parte 2 de 3) - Capítulo 3, Aali-Imran (A Família de Imran) (parte 1 de 3) - Capítulo 7, Al-A’raaf (Os Cimos) (parte 3 de 3) - Capítulo 6, Al-An’am (O Gado) (parte 3 de 3) - Capítulo 7, Al-A’raaf (Os Cimos) (parte 2 de 3) - Capítulo 7, Al-A’raaf (Os Cimos) (parte 1 de 3) - Capítulo 6, Al-An’am (O Gado) (parte 2 de 3) - Capítulo 6, Al-An’am (O Gado) (parte 1 de 3) - Muhammad & o último dos monoteístas - Sorriso, raiva e consciência plena no Islã (parte 3 de 3) - A cobiça vos entreterá - Confie em Deus e não desista -
Este site tem por objetivo divulgar o Islam, seguindo a Ahlus Sunnah wal Jama'a (Seguidores da Sunnah e a Comunidade), o Islam em sua mais pura forma, o Islam que foi ensinado pelo nosso querido Profeta Muhammad (s.a.w.s) e seguido pelos seus Nobres Companheiros (Sahaba).


Ouça o Alcorão
Já está disponível em nosso
site o "Nobre Alcorão e seus
Significados em Português"
saiba mais



Leia o Alcorão
Agora além de poder ouvir a
bela recitação do Alcorão,
você também pode ler,...
saiba mais



Du'as - Súplicas
Aprenda como recitar de maneira correta os du'as (suplicas) em arabe saiba mais


Biblioteca Islâmica
"A teoria da evolução foi
tratada em capítulo à parte,
pelo fato de que constitui a
base de todas..." saiba mais



Assine nosso Jornal
Assine nosso Jornal Islâmico Online e receba no seu email as últimas atualizações do nosso site saiba mais



Perguntas e Respostas
Sinta-se à vontade para tirar todas suas dúvidas referente ao islam, alcorão, profeta mohammad, saiba mais



Civilização Islâmica
Dentro de poucos anos do crescimento do Islam no mundo, grandes civilizações floresceram saiba mais


Convertidos ao Islam

Nesta seção você conhecerá a história de pessoas que descobriram no Islam a Luz para as suas vidas. saiba mais

Livro: Fiqh Al Sunnah (Parte VI) - Os Funerais
Clique aqui para retornar às Categorias de Artigos

Procurar tratamento médico

A pessoa doente deve procurar tratamento médico.

1-Ussamah Ibn Churaik disse que certa vez foi até o Profeta (SAW) que estava reunido com os seus companheiros. Ao chegar, eles estavam todos quietos e calmos, então, os cumprimentou e se sentou. Alguns beduínos chegaram e perguntaram ao Mensageiro de Allah (SAW), se deveriam procurar tratamento médico para suas doenças e ele (SAW) respondeu: “Sim, vocês devem procurar tratamento médico, pois Allah não deixou nenhuma doença sem prever a sua cura, exceto uma, que é a velhice”.

2-Ibn Massud relatou que o Profeta (SAW) disse: “Em verdade, Allah não deixou nenhuma doença existir sem prever o seu remédio. Então, procurem tratamento médico para suas doenças”.

3-Jaber relatou que o Mensageiro de Allah (SAW) disse: “Cada doença tem o seu remédio. Se o enfermo for tratado com o remédio certo, ele será curado com a permissão de Allah”.

1-Se medicar com substâncias ilícitas:

A maioria dos sábios disse que se medicar com substâncias ilícitas como bebidas inebriantes é um ato proibido.

1-Wa'il Ibn Hujr relatou que Tariq Ibn Suaid perguntou ao Profeta (SAW) se ele poderia usar uma bebida inebriante como remédio. O Profeta (SAW) respondeu: “Essa não é um remédio, essa é uma doença”.

2-Umm Salamah relatou que Profeta (SAW) disse: “Allah não colocou as curas das vossas doenças em substâncias que são proibidas para vós”.

3-Abu Ad-Dardaa relatou que o Profeta (SAW) disse: “Allah criou a doença e o remédio, e cada doença tem o seu remédio, então não tratai as suas doenças com substâncias proibidas”.

4-Abu Hurairah relatou que o Profeta (SAW) proibiu o uso de medicamento prejudicial, ou seja, o veneno.

No livro Al-Manar, o autor diz que é permitido usar algumas gotas imperceptíveis, que não podem causar embriaguez ou intoxicação, desde que isso seja uma parte de um medicamento composto. Por exemplo, o uso de um pequeno pedaço de seda natural pura, no meio de uma veste.

2-Tratamento com médico não muçulmano:

Em seu livro, Al-Adaab Ach-Char'iyah, Ibn Muflih escreveu que o Sheikh Taqei Al-Din Ibn Taimiyah disse que um judeu ou cristão confiável, que tem conhecimento da medicina pode tratar um doente muçulmano, e podemos negociar financeiramente com eles. Allah diz: “Entre os adeptos do Livro há alguns a quem podes confiar um quintal de ouro, que te devolverão intacto; também há os que, se lhes confiares um só dinar, não te restituirão, a menos que a isso os obrigues” (Alcorão 3:75).

O Profeta (SAW) contratou um politeísta como guia durante a sua migração para Medina, então ele confiou-lhe sua vida e seus bens. As pessoas da tribo de Khuza'ah, que não eram todas muçulmanas, atuaram como escolta para o Mensageiro de Allah (SAW). Também é relatado que o Profeta (SAW) ordenou aos muçulmanos procurarem tratamento médico com Kaldah Ibn Al-Harith, que era um descrente. Mas na presença de um médico muçulmano, a pessoa doente deve se tratar com ele.

3-O tratamento médico das mulheres:

Em caso de necessidade, é permitido a um homem tratar uma mulher e uma mulher tratar um homem.

Al-Rubayie Bint Mu'awwizh disse: Nós (as mulheres) participamos em batalhas com o Mensageiro de Allah (SAW), damos água para os combatentes, cuidamos os feridos e dos mortos e os levamos de volta para Medina.

Al-Hafiz no seu livro Al-Fath, escreveu que quando for necessário, é permitido um homem tratar uma mulher e uma mulher tratar um homem. Em tal caso, a pessoa pode olhar ou tocar somente o que é necessário.

Ibn Muflih no seu livro Al-Adaab Ach-Char'iyah escreveu que se uma mulher estiver doente e nenhuma médica estiver disponível, um médico poderá tratá-la. Em tal caso, o médico pode examinar até os seus órgãos genitais se for necessário.

Ibn Hamdan disse que se um homem estiver doente e nenhum médico estiver disponível, uma médica poderá tratá-lo. Em tal caso, a médica pode examinar até seus órgãos genitais se for necessário.

Al-Qadi disse que o médico pode olhar a Aurah da mulher em caso de necessidade. Da mesma forma, se for necessário, a mulher e o homem podem olhar as partes íntimas de um homem.

Hierarquia do Artigo:
Artigos Livro: Fiqh al Sunnah Livro: Fiqh Al Sunnah (Parte VI) - Os Funerais


Navegação de Artigos:

<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>
Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Página Inicial | Últimos Artigos | Crenças do Islã | A Outra Vida | Evidência do Islã | Religião Comparada | Perguntas e Respostas | Busca | Contato |
Centro Islâmico Brasileiro (c) 2009-2017. Todos os direitos reservados.
Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones.
Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3
voltar ao topo