Bem-vindo ao Centro Islâmico Brasileiro - Últimos Artigos: Uma perspectiva filosófica sobre a singularidade do Alcorão - Tema a Deus onde quer que esteja - Deus & os limites da imaginação humana - Capítulo 3, Aali-Imran (A Família de Imran) (parte 2 de 3) - Capítulo 3, Aali-Imran (A Família de Imran) (parte 1 de 3) - Capítulo 7, Al-A’raaf (Os Cimos) (parte 3 de 3) - Capítulo 6, Al-An’am (O Gado) (parte 3 de 3) - Capítulo 7, Al-A’raaf (Os Cimos) (parte 2 de 3) - Capítulo 7, Al-A’raaf (Os Cimos) (parte 1 de 3) - Capítulo 6, Al-An’am (O Gado) (parte 2 de 3) - Capítulo 6, Al-An’am (O Gado) (parte 1 de 3) - Muhammad & o último dos monoteístas - Sorriso, raiva e consciência plena no Islã (parte 3 de 3) - A cobiça vos entreterá - Confie em Deus e não desista -
Este site tem por objetivo divulgar o Islam, seguindo a Ahlus Sunnah wal Jama'a (Seguidores da Sunnah e a Comunidade), o Islam em sua mais pura forma, o Islam que foi ensinado pelo nosso querido Profeta Muhammad (s.a.w.s) e seguido pelos seus Nobres Companheiros (Sahaba).


Ouça o Alcorão
Já está disponível em nosso
site o "Nobre Alcorão e seus
Significados em Português"
saiba mais



Leia o Alcorão
Agora além de poder ouvir a
bela recitação do Alcorão,
você também pode ler,...
saiba mais



Du'as - Súplicas
Aprenda como recitar de maneira correta os du'as (suplicas) em arabe saiba mais


Biblioteca Islâmica
"A teoria da evolução foi
tratada em capítulo à parte,
pelo fato de que constitui a
base de todas..." saiba mais



Assine nosso Jornal
Assine nosso Jornal Islâmico Online e receba no seu email as últimas atualizações do nosso site saiba mais



Perguntas e Respostas
Sinta-se à vontade para tirar todas suas dúvidas referente ao islam, alcorão, profeta mohammad, saiba mais



Civilização Islâmica
Dentro de poucos anos do crescimento do Islam no mundo, grandes civilizações floresceram saiba mais


Convertidos ao Islam

Nesta seção você conhecerá a história de pessoas que descobriram no Islam a Luz para as suas vidas. saiba mais

Livro: Fiqh Al Sunnah (Parte VI) - Os Funerais
Clique aqui para retornar às Categorias de Artigos

5-Samurah Ibn Jundub disse que quando o Profeta (SAW) terminava a oração, costumava ficar na sua frente e perguntar quem havia tido um sonho à noite e quem tivesse tido um sonho, o Profeta o interpretava e dizia acerca dele o que Allah lhe inspirava que dissesse. Um dia ele os perguntou e disseram que não, então ele disse: “Mas eu tive. Vi que dois homens vieram até mim, me pegaram pelas mãos me levaram até a Terra Santa. Havia um homem sentado e outro de pé com um gancho de metal em sua mão a qual colocava em sua boca e rasgava o seu rosto até a parte de trás de sua cabeça. Depois seu rosto era restaurado e isso se repetia mais e mais vezes. Eu perguntava o que era aquilo e eles diziam: Continue. Continuamos até encontrar um homem deitado e outro parado com uma rocha na mão com a qual emplastava a sua cabeça e depois que ele golpeava, a pedra rodava longe e ele ia buscar correndo. Quando a trazia de volta, a cabeça do castigado já havia voltado a normalidade e o homem voltava a golpea-la. Eu perguntava o que era aquilo e eles me diziam: Continue. Continuamos caminhando até que chegamos a um local onde havia algo parecido a um forno, que era estreito na parte superior e amplo na parte inferior, debaixo do qual ascendia fogo. Quando o fogo chegava perto do forno, o que estava dentro dele subia até quase transbordar e quando se extinguia o fogo voltava ao seu interior. Dentro dele haviam homens e mulheres nus. Eu perguntava o que era aquilo e eles diziam: Continue. Continuamos até que chegamos a um rio de sangue e nele havia um homem de pé caminhando até a beira do rio tentando sair, onde havia um outro homem junto a uma pilha de pedras. Quando estava por sair o homem que estava com a pilha de pedras lhe arremessava uma em sua boca fazendo-o retroceder até sua posição original e cada vez que ele tentava sair recebia uma pedrada. Eu perguntava o que era aquilo e eles diziam: Continue. Continuamos até que chegamos a um jardim verde no qual havia uma grande árvore e a seus pés se encontrava um senhor e um grupo de crianças. Na frente da árvore havia um homem ascendendo um fogo. Levaram-me até a parte superior da árvore e nela havia uma casa, e nunca havia visto casa mais bela que essa, nela havia anciões, gente jovem, mulheres e crianças. Então me levaram fora da casa e subimos mais ainda na arvore até outra casa que era mais bela ainda que a anterior e nela havia anciões e jovens. Eu disse: Vocês me levaram de lugar em lugar, informem-me acerca das coisas que vi. Eles disseram: Sim, assim faremos. Aquele que viste sua boca sendo rasgada era um mentiroso que costumava dizer mentiras que se difundiam extensamente. O que você viu será feito até o dia da ressurreição. Aquele cuja cabeça viste sendo emplastada era um homem a quem Allah lhe ensinou o Alcorão, mas que o ignorava durante a noite e não agia conforme ele durante o dia. O que você viu será feito até o dia da ressurreição. Aqueles que viste no forno são os fornicadores e aquele que viste no rio era um homem que praticava a usura. O senhor que se encontrava nos pés da arvore era Ibrahim (AS) e as crianças ao seu redor são os filhos da humanidade que morreram durante a infância. O que ascendia o fogo era Malik, o Guardião do Inferno. A primeira casa em que você entrou era a casa dos crentes em geral e a segunda casa é a casa dos mártires. Eu sou Gabriel e este é Miguel. Levante sua cabeça! Levantei minha cabeça e vi algo acima de mim que parecia uma nuvem. Eles disseram: Essa é sua casa. Eu disse: Deixe-me entrar nela. Eles disseram: Ainda não completaste tua vida na terra, quando tiveres completado verás a sua casa”.

6-Ibn Massud relatou que o Profeta (SAW) disse: “Uma pessoa foi condenada a cem açoites em sua sepultura e ele continuamente pediu a Allah para diminuir sua punição, até que Allah a reduziu para apenas um açoite. Em seguida, o seu túmulo foi totalmente preenchido pelo fogo. Quando o fogo foi removido, ele recuperou a consciência e perguntou: Por que vocês estão me catigando? Os anjos lhe disseram: Você ofereceu uma oração sem fazer a purificação, passou por uma pessoa oprimida e não a ajudou”.

7-Anas disse que certa vez, o Profeta (SAW) ouviu uma voz saindo de um túmulo e ele perguntou quando aquela pessoa havia morrido. As pessoas disseram que tida sido na época da idolatria. Então o Profeta (SAW) ficou satisfeito e disse: “Se não fosse meu temor de que vocês não enterrassem vossos mortos devido ao pavor, pediria a Allah para que os fizesse ouvir o que eu posso ouvir do tormento do túmulo”.

8-Abdallah Ibn Omar relatou que o Profeta (SAW) disse: “Este (Saad Ibn Muazh) cuja morte estremeceu o Trono, para quem as portas do céu foram abertas e cujo funeral foi assistido por 70.000 anjos, foi apertado apenas uma vez para logo ser liberado”.

A Morada das Almas

A alma passa por quatro moradas e cada morada é maior do que a anterior.

A primeira morada da alma é o útero da mãe.

A segunda morada é a terra, onde ela cresce, faz o bem e o mal e acumula boas obras para ser recompensada ou más obras para ser punida.

A terceira morada é Al-Barzakh, que é maior do que a morada anterior na terra.

A quarta morada é a morada da eternidade, o Paraíso ou o Inferno. Depois dessa, não há nenhuma outra morada.

Ibn Al-Qayyim tratou desse assunto em um capítulo e citou opiniões de vários sábios sobre a morada das almas. Ele disse que a morada das almas no Barzakh variam consideravelmente:

1-Almas que estarão nos mais altos escalões do céu: São as almas dos profetas e que também serão colocadas em diferentes escalões como foi visto pelo Profeta (SAW) durante a noite do Isra’a.

2-Almas que estarão em forma de pássaros verdes que vagam livremente pelo Paraíso: São as almas de alguns mártires, mas não todos eles, pois há almas de alguns mártires que são impedidas de entrar Paraíso por causa de uma dívida ou alguma outra coisa semelhante.

Muhammad Ibn Abdallah Ibn Jahch disse que um homem veio até o Profeta (SAW) e perguntou o que teria se morresse pela causa de Allah e o Profeta (SAW) respondeu que teria o Paraíso, mas quando o homem se levantou para ir, o Profeta (SAW) acrescentou: “A menos que você tenha alguma dívida para pagar. Gabriel me informou isso agora”.

3-Almas que estarão paradas na frente do portão do Paraíso: De acordo com o hadith: Eu vi o vosso companheiro parado no portão do Paraíso.

4-Almas que estarão trancadas no túmulo: De acordo com o hadith sobre o mártir que havia roubado uma capa dos despojos da guerra, quando foi morto, as pessoas disseram que ele estaria feliz no Paraíso e o Profeta (SAW) disse: “Por Allah, a capa que ele roubou foi trasformada em fogo sobre no seu túmulo”.

5-Almas as quais terão a sua morada no portão de entrada no Paraíso: Ibn Abbas relatou que o Profeta (SAW) disse: “A morada dos mártires é uma cúpula verde, na beira de um rio brilhante, perto do portão do Paraíso. Seus alimentos vêm do Paraíso, de manhã e à noite”. Isto não se aplica a Jaafar Ibn Abi Talib, cujas mãos foram transformados em asas e com elas ele voa para onde deseja no Paraíso.

6-Almas que permanecerão confinadas à terra, pois elas não podem subir para o céu: Na verdade, essas almas terrenas não se misturam com as almas celestes, assim como elas não se misturavam durante a permanência na terra.

A alma terrena é aquela que não reconheceu o seu Senhor, não O amou, não O recordou para se aproximar d’Ele durante a sua permanência na terra. Por isso ela será separada de seu corpo e deixada na terra.

A alma celeste é aquela que se apegou ao amor de Allah, fazendo recordações para se aproximar d’Ele durante a sua permanência na terra. Após a separação do seu corpo, essa alma será levada ao céu para se juntar a outras almas semelhantes a ela, pois a pessoa estará junto a quem ela ama.

7-Algumas almas serão jogadas em um forno junto com os fornicadores e as prostitutas e outras almas estarão flutuando em um rio de sangue: As almas não compartilham a mesma morada, pois algumas estarão nos mais altos escalões do céu e autras estarão nos mais baixos escalões da terra.

Hierarquia do Artigo:
Artigos Livro: Fiqh al Sunnah Livro: Fiqh Al Sunnah (Parte VI) - Os Funerais


Navegação de Artigos:

<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>
Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Página Inicial | Últimos Artigos | Crenças do Islã | A Outra Vida | Evidência do Islã | Religião Comparada | Perguntas e Respostas | Busca | Contato |
Centro Islâmico Brasileiro (c) 2009-2017. Todos os direitos reservados.
Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones.
Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3
voltar ao topo