Ramadan Kareem. O Grupo Divulga Islam deseja a todos os muçulmanos e muçulmanas do Brasil e do munto um Ramadan abençoado. Bem-vindo ao Centro Islâmico Brasileiro - Últimos Artigos: Capítulo 21 Os profetas (Al-Anbiya) - Capítulo 73, Al-Muzzamil - Capítulo 31 Lucman - Capítulo 20, Ta-Ha (Ta-Ha) - Capítulo 18, versículos 28-30: A verdade vem de seu Senhor - Capítulo 23, Al-Mu’minun (Os crentes) - Capítulo 16, versículo 18: As bênçãos incontáveis de Deus - Capítulo 16, An-Nahl (As Abelhas) (parte 2 de 2) - Capítulo 16, An-Nahl (As Abelhas) (parte 1 de 2) - Capítulo 15, Al-Hijr - Capítulo 14, Ibrahim (Abraão) - Capítulo 25, Al-Furqan (O critério) - A súplica é, em essência, adoração - O mar ardente em chamas - Capítulo 5, versículos 116-117: Conselho, orientação e um alerta -
Este site tem por objetivo divulgar o Islam, seguindo a Ahlus Sunnah wal Jama'a (Seguidores da Sunnah e a Comunidade), o Islam em sua mais pura forma, o Islam que foi ensinado pelo nosso querido Profeta Muhammad (s.a.w.s) e seguido pelos seus Nobres Companheiros (Sahaba).


Ouça o Alcorão
Já está disponível em nosso
site o "Nobre Alcorão e seus
Significados em Português"
saiba mais



Leia o Alcorão
Agora além de poder ouvir a
bela recitação do Alcorão,
você também pode ler,...
saiba mais



Du'as - Súplicas
Aprenda como recitar de maneira correta os du'as (suplicas) em arabe saiba mais


Biblioteca Islâmica
"A teoria da evolução foi
tratada em capítulo à parte,
pelo fato de que constitui a
base de todas..." saiba mais



Assine nosso Jornal
Assine nosso Jornal Islâmico Online e receba no seu email as últimas atualizações do nosso site saiba mais



Perguntas e Respostas
Sinta-se à vontade para tirar todas suas dúvidas referente ao islam, alcorão, profeta mohammad, saiba mais



Civilização Islâmica
Dentro de poucos anos do crescimento do Islam no mundo, grandes civilizações floresceram saiba mais


Convertidos ao Islam

Nesta seção você conhecerá a história de pessoas que descobriram no Islam a Luz para as suas vidas. saiba mais

Que Ramadan é o seu?
Clique aqui para retornar às Categorias de Artigos

Ai das pessoas infelizes que recebem o Ramadan com desgosto, protesto e embaraço, de que é um mês de fome durante o dia e satisfação durante a noite. Alguns desobedientes o consideram como privação de seus péssimos desejos. São como os lobos que uivam durante a noite, e como a carne putrefata durante o dia que ronca como ronca o touro. Estranho, como reclamar do mês da satisfação e da misericórdia? Por Allah, é o mês das benesses, das dádivas e da bênção. Cada uma dessas pessoas – que Allah os oriente – sente a privação dos desejos. Por isso, quando o mês de Ramadan chega, vê-os tristes pela sua chegada, porque desejam desfrutar das coisas ilícitas.

Caro muçulmano, a graça de Allah para consigo é que prolonga a sua vida, permitindo que alcance as benesses desse magnífico mês. Agradeçam a Allah – servos de Allah – por terem-no alcançado, por ter-lhes dado tempo de aproveitá-lo. Quantas pessoas desejavam e tinham esperança de alcançá-lo e não conseguiram. Foram surpreendidos pela morte e pereceram.

Caro muçulmano, alcançamos o mês de Ramadan, quantos entes queridos perdemos! Ramadan nos chegou, e quantos parentes tivemos de estender! Jejuamos, e quantos enterramos!

Servo de Allah, serva de Allah. Será que outro Ramadan virá e vocês estão com saúde e bem-estar? Quantas pessoas jejuaram o mês de Ramadan passado com saúde, disposição e bem-estar e no Ramadan seguinte está de cama, prisioneiro da doença. Virá outro Ramadan para você e esteja em segurança junto com seus familiares e bens?

Servo de Allah, que vive em segurança desfrutando das benesses de Allah. Imagine-se um daqueles que jejuam, sendo prisioneiros ou fazem a refeição da madrugada e quebram o jejum nas fronteiras e nos abrigos. Imagine-se um dos que necessitam quebrar o jejum em defesa da pessoa e da religião. Imagine-se um daqueles famintos, expulsos, fugitivos como acontece com os muçulmanos palestinos em Gaza e outros muçulmanos em outros lugares que sofrem humilhações e vergonha, separação, cativeiro, domínio dos incrédulos e dos opressores.

Ramadan é o mês de se pensar nos irmãos muçulmanos. Que Ramadan é o seu? Você pensa nos irmãos nas longínquas regiões da terra? O muçulmano que está jejuando deve pensar e sentir as dores dos muçulmanos. Deve pensar nas condições de seus irmãos em todo lugar. Se sentir fome, lembra-se de milhares de estômagos famintos à espera de um pão. Há quem conceda alimento? Se sentir sede lembra-se que há milhares de estômagos sedentos à espera de uma gota de água. Há quem forneça água? Se vestir uma roupa, lembra-se que milhares de corpos sem roupa. Há quem conceda roupa? Ele sente as dádivas de Allah, Exaltado seja, quando lhe concede a consoada (sahur) e o desjejum e outro é privado, concede-lhe roupa e outro está maltrapilho. Louvado seja Allah pelas Suas dádivas.

Ramadan é o mês de culto. Que Ramadan é o seu? Você vai aproveitá-lo para educar-se nos cultos? O jejum nos educa nos cultos. Mesmo que o muçulmano adore ao seu Senhor em todos os meses e os dias, porém, durante o mês de Ramadan frequenta um curso de adoração que acrescenta um gole a mais aos goles de obediência e sabores da fé e da sinceridade para fortalecer-se para o resto dos meses, tornando esta oportunidade um estímulo para a prática do bem. Aicha (R) disse: "O Rassulullah (S) era mais ativo em Ramadan do que nos outros meses" (compilado por Musslim).

As noites de Ramadan são a coroa das noites do ano. Nelas os horários são claros e as invocações são doces. O Profeta (S) disse: "A melhor oração após as orações obrigatórias são as orações noturnas." O mês de Ramadan é o mês das orações noturnas. O Profeta (S) disse: "Quem praticar as orações noturnas durante o mês de Ramadan, com fé e esperança, seus pecados anteriores serão perdoados." (Muttafac Alaih). As orações noturnas durante o mês de Ramadan é uma questão estabelecida. O muçulmano deve ser assíduo na prática das orações Tarawíh, que as complete com o Imam e depois vá embora. O Profeta (S) disse: "Quem praticar as orações noturnas com o Imam e depois vai embora, é como se tivesse praticado orações por toda a noite." (narrado pelos autores dos "Sunan") Rendemos graças e louvores a Allah. A pessoa que ora durante uma hora com o Imam é como se tivesse orado por toda a noite.

Não devemos esquecer, caros irmãos, das orações obrigatórias, primeiro, praticá-las nas mesquitas, em congregação. Allah, Exaltado seja, gosta que se aproxime d'Ele com os preceitos obrigatórios. Não podemos esquecer o obrigatório e nos preocuparmos com o voluntário e o desejável.

Ramadan é o mês dos sopros abençoados. Porque não praticamos Ramadan? Porque não experimentamos o sabor do Alcorão e o sabor das invocações e das súplicas? Por que não experimentamos o horário da sahur e parte da noite? Por que não nos colocamos entre as Mãos do nosso Senhor? O nosso Senhor, concede-nos na última parte da noite a presença de sua Majestade e Magnificência, oferecendo Seus sopros e Sua misericórdia. Por que não aproveitamos as misericórdias de Allah?

Hierarquia do Artigo:
Artigos Ramadan Que Ramadan é o seu?


Navegação de Artigos:

<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>
Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Página Inicial | Últimos Artigos | Crenças do Islã | A Outra Vida | Evidência do Islã | Religião Comparada | Perguntas e Respostas | Busca | Contato |
Centro Islâmico Brasileiro (c) 2009-2018. Todos os direitos reservados.
Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2018 by Nick Jones.
Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3
voltar ao topo