Bem-vindo ao Centro Islâmico Brasileiro - Últimos Artigos: Capítulo 4, An Nisa (As Mulheres) (parte 3 de 3) - Capítulo 4, An Nisa (As Mulheres) (parte 2 de 3) - Capítulo 4, An Nisa (As Mulheres) (parte 1 de 3) - Capítulo 18 Al-Kahf (A Caverna) (parte 2 de 2) - Capítulo 18, Al-Kahf (A Caverna) (parte 1 de 2) - Capítulo 80, Versículos 33-42: Uma Descrição do Dia do Julgamento - Capítulo 87 Al-A'la (O mais elevado) - Capítulo 89 Al-Fajr (A Alvorada) - Capítulo 88: Al-Ghashiyah (O Evento Assolador) - Capítulo 86 At-Tariq (O Visitante Noturno) - Capítulo 54, Al-Qamar (A lua) - Capítulo 53, An-Najm (A estrela) - Capítulo 71, Nuh (Noé) - Capítulo 21 Os profetas (Al-Anbiya) - Capítulo 73, Al-Muzzamil -
Este site tem por objetivo divulgar o Islam, seguindo a Ahlus Sunnah wal Jama'a (Seguidores da Sunnah e a Comunidade), o Islam em sua mais pura forma, o Islam que foi ensinado pelo nosso querido Profeta Muhammad (s.a.w.s) e seguido pelos seus Nobres Companheiros (Sahaba).


Ouça o Alcorão
Já está disponível em nosso
site o "Nobre Alcorão e seus
Significados em Português"
saiba mais



Leia o Alcorão
Agora além de poder ouvir a
bela recitação do Alcorão,
você também pode ler,...
saiba mais



Du'as - Súplicas
Aprenda como recitar de maneira correta os du'as (suplicas) em arabe saiba mais


Biblioteca Islâmica
"A teoria da evolução foi
tratada em capítulo à parte,
pelo fato de que constitui a
base de todas..." saiba mais



Assine nosso Jornal
Assine nosso Jornal Islâmico Online e receba no seu email as últimas atualizações do nosso site saiba mais



Perguntas e Respostas
Sinta-se à vontade para tirar todas suas dúvidas referente ao islam, alcorão, profeta mohammad, saiba mais



Civilização Islâmica
Dentro de poucos anos do crescimento do Islam no mundo, grandes civilizações floresceram saiba mais


Convertidos ao Islam

Nesta seção você conhecerá a história de pessoas que descobriram no Islam a Luz para as suas vidas. saiba mais

Capítulo 13, Ar Ra’d (O Trovão)
Clique aqui para retornar às Categorias de Artigos

Descrição: Um capítulo lidando com fé, com foco no profeta Muhammad ser de uma longa linhagem de profetas cuja missão foi transmitir a mensagem de Deus.  É Deus quem chamará as pessoas para prestarem contas.

Por Aisha Stacey (© 2018 IslamReligion.com)

 

http://cdn.wonderfulengineering.com/wp-content/uploads/2016/07/lightning-wallpaper.jpgA maioria dos sábios concorda que o Capítulo Treze foi, exceto por uns poucos versículos, revelado em Meca.  Recebe o nome do trovão mencionado no versículo treze.  É um capítulo poderoso e comovente que apela ao coração, enquanto faz uso da lógica e razão.

Versículos 1 – 4 Onde está Deus?

Esse capítulo abre com uma combinação de letras, Alif, Lam, Meem e Ra.  Somente Deus sabe o significado verdadeiro dessa combinação e por que 29 capítulos do Alcorão começam de maneira semelhante.  Deus nos lembra de que o Alcorão foi revelado ao profeta Muhammad, que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele.  É a verdade, embora a maioria das pessoas não creia.   Deus criou os céus. Estão acima de nós sem qualquer meio visível de suporte.  Então Ele Se estabeleceu acima dos céus em Seu trono.  Criou o universo para o benefício da humanidade.

O sol e a lua flutuam em suas órbitas e estão em um curso específico por um período específico de tempo.  O mundo ao nosso redor está cheio de sinais e as revelações são claras, para que não haja dúvida em relação ao nosso encontro com Deus na outra vida.  Deus encheu o universo com sinais para meditar e refletir. Existem rios, montanhas, frutas e plantas e o ciclo regular de noite e dia.  A terra está repleta de todo tipo de vegetação, todas regadas com chuva, mas algumas são de melhor qualidade.  Esses sinais são claros para aqueles que pensam.

Versículos 5 – 15 Deus conhece o óbvio e o invisível

Algumas pessoas fazem perguntas surpreendentes ao profeta Muhammad sobre se serão ou não ressuscitadas.  Estão destinados ao Inferno.  Desafiam o profeta Muhammad a apresentar a punição a qual se refere, ao invés de pedirem perdão a Deus.  Deus é pleno de perdão, mas também severo na punição.  Exigem um milagre à sua escolha, mas o profeta Muhammad é uma admoestador, nada mais.

Deus sabe tudo sobre nascimento e úteros. Sabe o óbvio e o oculto.  Falar em sussurros ou estar coberto pela escuridão não oculta nada Dele.  Cada pessoa tem dois anjos da guarda.  Deus não mudará a condição de um povo a menos que ele mude a si mesmo.  Se Deus tem a intenção de punir um povo, ninguém pode impedi-Lo.  A única proteção real é do próprio Deus.

Deus mostra Seus sinais no céu. O trovão causa temor e esperança, nuvens pesadas cheias de chuva e trovão O exaltam e, ainda assim, podem atingir a quem Deus escolher.  Os descrentes disputam esses sinais.  A oração a Deus é a única oração verdadeira. Orar para divindades falsas não gerará resposta.  Tudo quanto existe nos céus e na terra se prostra para Deus, espontaneamente ou não.

Versículos 16 - 27 Quem são os crentes?

Diga aos descrentes que Deus é o Senhor dos céus e da terra.  Pergunte a eles por que adorariam outro além de Deus.  O cego e aquele que vê são iguais? A escuridão e a luz são iguais? Essas deidades falsas criam? Não! Deus cria.  Envia chuva e enchentes que transportam espuma como a espuma que se forma depois do metal derreter.  Esse é um exemplo da diferença entre verdade e falsidade.  A espuma desaparece, mas o que permanece é útil.  Aqueles que respondem a Deus terão uma recompensa excelente, enquanto que aqueles que não o fazem não serão capazes de negociar sua saída da punição que os espera.  Alguém que entende a verdade das revelações é igual a quem não entende? Aqueles com bom senso cumprirão os acordos que fazem em nome de Deus e temem a prestação de contas que virá.  Também oram, dão caridade do que Deus lhes proveu e combatem o mal com o bem.  Entrarão no Paraíso com suas famílias e os anjos lhes darão boas vindas em seu lar maravilhoso, mas os amaldiçoados se encontrarão em um lar terrível.  Essa vida terrena é curta comparada com a outra vida.

Versículos 28 - 30 Promessa de Deus

Lembrar-se de Deus e de Suas promessas excelentes tranquiliza o coração do crente.  Deus provê um belo lugar de descanso para aqueles que creem e fazem boas obras.  O profeta Muhammad foi enviado para sua própria comunidade para recitar o que Deus revelou.  Ainda assim, não creem.  Deus disse ao profeta Muhammad para responder aos descrentes.  Diga-lhes (é dito a ele) que Deus é teu Senhor, que não existe outro além Dele e que colocas tua confiança Nele, sabendo que serás retornado a Ele.

Versículos 31 – 34 Deus é Quem orienta

Se algum dia existisse uma recitação que pudesse mover montanhas, abalar a terra ou fazer os mortos falar, seria essa.  Deus comanda tudo e Ele podia ter guiado toda a humanidade, se fosse Sua vontade.  Os descrentes nunca estarão longe do desastre, até o fim quando a promessa de Deus será cumprida.   Você, Muhammad, não é o primeiro mensageiro a ser ironizado.  Apesar de os descrentes terem recebido uma trégua, receberam uma punição terrível.

Sabem que Deus observa cada alma e, ainda assim, insistem em associar parceiros a Ele.  Digam os nomes deles. Podem dizer algo que Deus já não saiba? Suas fantasias são feitas para parecerem desejáveis e o caminho deles para o Paraíso está fechado.  Deus os deixa desviados e não há ninguém que possa guiá-los para o caminho certo.  Quando a punição chega ninguém pode defendê-los de Deus.

Versículos 35 - 43 Um convite

Aqueles que se lembram de Deus terão uma recompensa que se parece com rios, frutos eternos e sombra.  Mas os descrentes não terão nada além do Inferno.  Aqueles do Povo do Livro (judeus e cristãos) que aceitaram o Islã se alegram com as novas revelações (Alcorão), mas alguns dentre eles negam parte do livro.  O profeta Muhammad deve dizer: "Fui ordenado a adorar a Deus e não associar nada a Ele. Convido-os para fazer o mesmo e a Ele retornarei." O Alcorão foi revelado em árabe e se o profeta Muhammad seguisse os desejos vãos de alguns de sua comunidade depois do conhecimento ter sido dado a ele, nada o protegeria da ira de Deus.

Alguns dos mensageiros antes de Muhammad tinham esposas e filhos, mas nenhum tinha o poder de realizar milagres sem a permissão de Deus.  Em cada época houve um livro (ou revelação) e Deus confirma ou apaga o que deseja, porque Ele é a fonte.  É dito ao profeta Muhammad que ele pode não ver em sua vida a punição que os espera, mas que isso não importa. Sua tarefa é somente transmitir a mensagem.  É Deus quem chamará as pessoas para prestarem contas.  Não veem que Deus encolhe as fronteiras do que eles controlam? O plano de Deus supera todos os planos.  Se disserem a Muhammad que ele não é um mensageiro, então ele deve responder que Deus é a única testemunha da qual precisa.

 

https://www.islamreligion.com/pt/articles/11005/capitulo-13-ar-ra-d-o-trovao/

Hierarquia do Artigo:
Artigos O Alcorão Sagrado Capítulo 13, Ar Ra’d (O Trovão)


Navegação de Artigos:

<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>
Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Página Inicial | Últimos Artigos | Crenças do Islã | A Outra Vida | Evidência do Islã | Religião Comparada | Perguntas e Respostas | Busca | Contato |
Centro Islâmico Brasileiro (c) 2009-2018. Todos os direitos reservados.
Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2018 by Nick Jones.
Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3
voltar ao topo