Bem-vindo ao Centro Islâmico Brasileiro - Últimos Artigos: Uma perspectiva filosófica sobre a singularidade do Alcorão - Tema a Deus onde quer que esteja - Deus & os limites da imaginação humana - Capítulo 3, Aali-Imran (A Família de Imran) (parte 2 de 3) - Capítulo 3, Aali-Imran (A Família de Imran) (parte 1 de 3) - Capítulo 7, Al-A’raaf (Os Cimos) (parte 3 de 3) - Capítulo 6, Al-An’am (O Gado) (parte 3 de 3) - Capítulo 7, Al-A’raaf (Os Cimos) (parte 2 de 3) - Capítulo 7, Al-A’raaf (Os Cimos) (parte 1 de 3) - Capítulo 6, Al-An’am (O Gado) (parte 2 de 3) - Capítulo 6, Al-An’am (O Gado) (parte 1 de 3) - Muhammad & o último dos monoteístas - Sorriso, raiva e consciência plena no Islã (parte 3 de 3) - A cobiça vos entreterá - Confie em Deus e não desista -
Este site tem por objetivo divulgar o Islam, seguindo a Ahlus Sunnah wal Jama'a (Seguidores da Sunnah e a Comunidade), o Islam em sua mais pura forma, o Islam que foi ensinado pelo nosso querido Profeta Muhammad (s.a.w.s) e seguido pelos seus Nobres Companheiros (Sahaba).


Ouça o Alcorão
Já está disponível em nosso
site o "Nobre Alcorão e seus
Significados em Português"
saiba mais



Leia o Alcorão
Agora além de poder ouvir a
bela recitação do Alcorão,
você também pode ler,...
saiba mais



Du'as - Súplicas
Aprenda como recitar de maneira correta os du'as (suplicas) em arabe saiba mais


Biblioteca Islâmica
"A teoria da evolução foi
tratada em capítulo à parte,
pelo fato de que constitui a
base de todas..." saiba mais



Assine nosso Jornal
Assine nosso Jornal Islâmico Online e receba no seu email as últimas atualizações do nosso site saiba mais



Perguntas e Respostas
Sinta-se à vontade para tirar todas suas dúvidas referente ao islam, alcorão, profeta mohammad, saiba mais



Civilização Islâmica
Dentro de poucos anos do crescimento do Islam no mundo, grandes civilizações floresceram saiba mais


Convertidos ao Islam

Nesta seção você conhecerá a história de pessoas que descobriram no Islam a Luz para as suas vidas. saiba mais

Capítulo 7, Al-A’raaf (Os Cimos) (parte 3 de 3)
Clique aqui para retornar às Categorias de Artigos

Descrição: Um breve comentário do capítulo 7 (versículos 148 a 206) do Alcorão Sagrado. Nesses versículos finais descobrimos que o profeta Muhammad foi mencionado no Torá e no Evangelho e os avisos nas partes anteriores são reiterados.

Por Aisha Stacey (© 2017 IslamReligion.com)

 

Versículos 148 - 156 A ira de Deus

Chapter-7,-Al-Araaf_part_3.jpgDurante a ausência de Moisés o povo começou a adorar uma escultura de bezerro feita de suas joias e ornamentos, mas perceberam que estavam errados e, quando Moisés retornou, disseram que se Deus não os perdoasse estariam entre os perdedores.  Moisés ficou zangado e perturbado com eles, mas especialmente com seu irmão Aarão.  Jogou as tábuas no chão, pegou seu irmão pelo cabelo e o puxou para si.  Aarão disse: "Ó filho de minha mãe (lembrando Moisés de seu parentesco), eles teriam me sobrepujado e matado." Moisés pediu perdão a Deus para o irmão e para si mesmo.

Os que adoraram o bezerro conquistaram a ira de seu Senhor, mas os que perceberam seus erros e se arrependeram, foram perdoados.  Quando Moisés se acalmou pegou as tábuas, nas quais estavam inscritas a orientação e misericórdia para os que temem a seu Senhor.  Moisés escolheu 70 homens e eles foram até Moisés com medo e tremendo.  Deviam se desculpar e pedir perdão por adorar o bezerro, mas ao invés disso exigiram ver Deus.  A montanha se convulsionou em um grande terremoto e caíram mortos.  Moisés orou por perdão e a misericórdia de Deus abrange todas as coisas.  A misericórdia é para os que têm consciência de Deus, pagam as caridades prescritas e creem nas revelações.

Versículos 157 - 158 Muhammad no Torá e no Evangelho

Uma misericórdia especial será atribuída aos que seguem o profeta iletrado, que encontrarão mencionados no Torá e no Evangelho.  Ele os recomenda a fazer o bem e os proíbe de fazer o mal. Torna lícitas as coisas boas e ilícitas as coisas ruins.  Alivia-os de seus fardos.  Aqueles que o seguem serão bem-sucedidos.   Deus diz ao profeta Muhammad (que a misericórdia e as bênçãos de Deus estejam sobre ele) para declarar às pessoas que é o mensageiro de Deus enviado por Aquele que controla os céus e a terra e que não há divindade merecedora de adoração, exceto Deus.

Versículos 159-168 Os Filhos de Israel são testados

Na nação de Moisés havia alguns que foram guiados e estabeleceram justiça.  Deus os dividiu em doze tribos.  Quando as pessoas com sede pediram água, Deus revelou a Moisés onde atingir a rocha com seu cajado.  Doze fontes jorraram e cada tribo teve seu próprio lugar para beber.  Deus enviou maná (coisas puras) do céu para comerem.  Eles se rebelaram, mas não prejudicaram Deus com sua rebelião e apenas prejudicaram a si mesmos.

Deus lhes disse: residam nessa cidade, comam do que lhes agradar, peçam perdão e entrem pelo portão com humildade.  Deus então perdoaria seus pecados e multiplicaria a recompensa dos benfeitores, mas havia malfeitores entre eles que mudaram as palavras do mandamento de Deus.  Então Deus enviou-lhes calamidades dos céus.  Deus diz ao profeta Muhammad para perguntarem sobre a cidade perto do mar e o que aconteceu quando transgrediram as leis do Sabbath.  Foram testados por causa de sua desobediência.  No Sabbath o peixe vinha facilmente, mas não apareciam nos outros dias.  Pergunte a eles também, disse Deus, sobre os admoestadores e por que pregavam para um povo que certamente seria destruído ou punido por Deus.  Os admoestadores disseram que queriam se exonerar de seus deveres com Deus e esperavam que alguns aceitassem a admoestação.  Entretanto, desconsideraram o aviso, continuaram com seu comportamento e Deus lhes disse: "Sede símios desprezíveis!"

Relembre-os também que Deus disse que levantaria contra eles os que os infligiriam com grande dano até o Dia da Ressurreição.  Deus quebrou sua união como nação e os dispersou por todo o mundo.  Alguns são virtuosos e outros não e foram testados tanto com bênçãos quanto com calamidades.

Versículos 169 -180 Incluindo a aliança com os descendentes de Adão.

Foram então sucedidos por uma geração má.  Desfrutavam de uma vida vulgar pensando que tudo seria perdoado.  Por que não veem que a Outra Vida é melhor? Aqueles que seguem o Livro e estabelecem a oração jamais terão seus atos desperdiçados.  E mencioneÂncora a montanha que foi suspensa sobre eles como se fosse um guarda-chuva.  Pensaram que cairia sobre eles, mas Deus disse para que se apegassem ao que Ele lhes tinha dado e lembrassem que seriam retornados à consciência de Deus.

Relembre-os, ó profeta, sobre a época em que Deus trouxe à existência cada descendente de Adão (cada ser humano) e os fez testemunhar, perguntando: "Não sou o seu Senhor?" Deus fez isso para que no Dia da Ressurreição ninguém dissesse: "Não estávamos cientes." Ou no caso de que tentassem culpar seus ancestrais por idolatria ou atribuir parceiros a Deus, alegando que só seguiram seus antepassados.  Tudo foi tornado claro.

Diga-lhes também a história do homem na época de Moisés a quem foram transmitidas Nossas histórias, mas escolheu ignorá-las e Satanás o perseguiu até que se tornasse um dos desviados.  Teria sido exaltado por meio de revelações, mas se apegou à vida terrena.  Era como um cão: se o perseguisse ofegava, se o deixasse, ainda assim ofegava.  Conte-lhes as histórias para que possam refletir. Aqueles a quem Deus guia, são corretamente guiados e quem Ele abandona, é um perdedor.

Deus diz que criou o Inferno para aqueles entre os gênios e a humanidade que têm corações, mas não compreendem, têm olhos, mas não veem e têm ouvidos, mas não ouvem.  São piores que animais, porque são desatentos.  E a Deus pertencem os melhores nomes. Então, invoque-O por meio deles.  E deixe a companhia daqueles que os usam inadequadamente.

Versículos 181 - 188

Deus criou uma comunidade (os seguidores do profeta Muhammad) que guia para a verdade e estabelece justiça.  Aqueles que negam as revelações de Deus são atraídos aos poucos para a destruição.  O companheiro deles (profeta Muhammad) não é louco, mas sim um admoestador.  No que poderiam acreditar, se não acreditam nisso? Quem Deus desvia não pode ser guiado. Ele os deixa vagando como cegos.  Quando perguntarem (a ti, profeta Muhammad) sobre a Hora, diga: "É do conhecimento somente do meu Senhor. Ninguém revelará seu momento, exceto Ele. Se apoia pesadamente sobre os céus e a terra. Não chegará a vocês, exceto de maneira inesperada." É dito ao profeta Muhammad para dizer às pessoas que ele não tem poder para se beneficiar ou evitar dano a si mesmo e que não é mais que um admoestador e portador de boas novas para aqueles que creem.

Versículos 189 - 206 Deus criou tudo - adore-O

Deus criou todos de uma única alma (Adão).  As pessoas são ingratas e estabelecem parceiros com Deus, mas Ele está muito acima dos parceiros que lhe atribuem.  Deus diz ao profeta Muhammad: diga que seu protetor é Deus, Que enviou o Alcorão e protege os virtuosos.  Seja tolerante e diga o que é certo e se Satanás tentá-lo, busque proteção com Deus.  Quando os que temem a Deus são tentados por Satanás, tudo que têm que fazer é lembrarem-se de Deus e saberão o curso de ação correto.

Diga-lhes Muhammad que segues somente o que é revelado de Deus. O Livro (Alcorão) é uma orientação e uma bênção.  Quando o ouvirem recitado, fiquem em silêncio e ouçam.  Lembrem-se de Deus com humildade e reverência, de manhã e à noite.  Não sejam negligentes, porque aqueles que estão próximos de Deus nunca se cansam de adorá-Lo.  Glorifiquem-No e prostrem-se perante Ele.

 

http://www.islamreligion.com/pt/articles/10851/capitulo-7-al-raaf-os-cimos-parte-3-de-3/

Hierarquia do Artigo:
Artigos O Alcorão Sagrado Capítulo 7, Al-A’raaf (Os Cimos) (parte 3 de 3)


Navegação de Artigos:

<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>
Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Página Inicial | Últimos Artigos | Crenças do Islã | A Outra Vida | Evidência do Islã | Religião Comparada | Perguntas e Respostas | Busca | Contato |
Centro Islâmico Brasileiro (c) 2009-2017. Todos os direitos reservados.
Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones.
Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3
voltar ao topo