Bem-vindo ao Centro Islâmico Brasileiro - Últimos Artigos: Uma perspectiva filosófica sobre a singularidade do Alcorão - Tema a Deus onde quer que esteja - Deus & os limites da imaginação humana - Capítulo 3, Aali-Imran (A Família de Imran) (parte 2 de 3) - Capítulo 3, Aali-Imran (A Família de Imran) (parte 1 de 3) - Capítulo 7, Al-A’raaf (Os Cimos) (parte 3 de 3) - Capítulo 6, Al-An’am (O Gado) (parte 3 de 3) - Capítulo 7, Al-A’raaf (Os Cimos) (parte 2 de 3) - Capítulo 7, Al-A’raaf (Os Cimos) (parte 1 de 3) - Capítulo 6, Al-An’am (O Gado) (parte 2 de 3) - Capítulo 6, Al-An’am (O Gado) (parte 1 de 3) - Muhammad & o último dos monoteístas - Sorriso, raiva e consciência plena no Islã (parte 3 de 3) - A cobiça vos entreterá - Confie em Deus e não desista -
Este site tem por objetivo divulgar o Islam, seguindo a Ahlus Sunnah wal Jama'a (Seguidores da Sunnah e a Comunidade), o Islam em sua mais pura forma, o Islam que foi ensinado pelo nosso querido Profeta Muhammad (s.a.w.s) e seguido pelos seus Nobres Companheiros (Sahaba).


Ouça o Alcorão
Já está disponível em nosso
site o "Nobre Alcorão e seus
Significados em Português"
saiba mais



Leia o Alcorão
Agora além de poder ouvir a
bela recitação do Alcorão,
você também pode ler,...
saiba mais



Du'as - Súplicas
Aprenda como recitar de maneira correta os du'as (suplicas) em arabe saiba mais


Biblioteca Islâmica
"A teoria da evolução foi
tratada em capítulo à parte,
pelo fato de que constitui a
base de todas..." saiba mais



Assine nosso Jornal
Assine nosso Jornal Islâmico Online e receba no seu email as últimas atualizações do nosso site saiba mais



Perguntas e Respostas
Sinta-se à vontade para tirar todas suas dúvidas referente ao islam, alcorão, profeta mohammad, saiba mais



Civilização Islâmica
Dentro de poucos anos do crescimento do Islam no mundo, grandes civilizações floresceram saiba mais


Convertidos ao Islam

Nesta seção você conhecerá a história de pessoas que descobriram no Islam a Luz para as suas vidas. saiba mais

Livro: Fiqh Al Sunnah (Parte VI) - Os Funerais
Clique aqui para retornar às Categorias de Artigos

OS FUNERAIS

A doença expia os maus atos e apaga os pecados

1-Abu Hurairah relatou que o Profeta (SAW) disse: “Àquele a quem Allah quiser favorecer fá-lo-á sofrer”.

2-Abu Hurairah também relatou que o Mensageiro de Allah (SAW) disse: “Sempre que o muçulmano for acometido de uma fadiga, enfermidade, preocupação, tristeza, lesão ou angústia, ou até espetado por espinho que lhe perfure, Allah, por isso, perdoará alguns de seus pecados”.

3-Ibn Massud visitou o Mensageiro de Allah (SAW) quando ele estava com febre. Quando ele indagou que a febre seria alta, o Mensageiro de Allah (SAW) disse que a intensidade da febre era equivalente a de duas pessoas. Ibn Massud, então, lhe perguntou se por isso ele teria uma recompensa em dobro e o Profeta (SAW) respondeu: “É isso mesmo, quando um muçulmano se fere, por exemplo, com um espinho ou com menos do que isso, Allah perdoa-lhe os pecados, os quais saem dele como caem as folhas de uma árvore”.

4-Abu Hurairah relatou que o Profeta (SAW) disse: “O crente é como uma planta tenra fresca, a partir de qualquer direção que o vento sopra, ela se curva, mas quando o vento diminui, ela se endireita novamente. O descrente é como um cedro que permanece duro e rígido, até que Allah o quebre quando quiser”.

A paciência durante a doença

A pessoa doente deve ser paciente, pois um servo de Allah não recebe um dom maior do que a paciência.

1-Suhaib Ibn Sinan relatou que o Profeta (SAW) disse: “É admirável o caso do crente, pois tudo é bom para ele; e isso não ocorre com ninguém mais a não ser com o crente. Se for objeto de um bem agradece e isto é um bem para ele e se sofre uma desgraça se arma de paciência e isto também é um benefício para ele”.

2-Anas disse que ouviu o Profeta (SAW) dizer que Allah disse: “Caso submetesse a um servo Meu a uma provação com a perda da visão e ele se armasse de paciência, recompensá-lo-ia por isso com o Paraíso”.

3-Ataa Ibn Abi Rabah disse que Ibn Abbas lhe perguntou se queria conhecer uma mulher dentre as moradoras do paraíso e lhe contou sobre uma mulher negra que se dirigiu ao Profeta (SAW) dizendo que sofria de epilepsia, e que isso lhe fazia com que se descobrisse, e lhe pediu para que rogasse a Allah para que Ele lhe curasse. O Profeta lhe disse: “Se quiseres, seja paciente e terás o Paraíso e se quiseres rogarei a Allah para que te cure”. Então, a mulher preferiu ter paciência, mas pediu que o Profeta (SAW) rogasse a Allah para que ela não se descobrisse e então o Mensageiro de Allah (SAW) rogou por ela.

Queixar-se da doença

O doente pode se queixar da sua dor e da sua doença a um médico ou a um amigo, desde que não faça isso para expressar a sua raiva ou impaciência.

O Profeta (SAW) disse: “A intensidade da minha febre é equivalente a de duas pessoas”.

Aicha reclamou para o Mensageiro de Allah (SAW) da sua dor de cabeça, lamentando: “Oh, minha dor de cabeça”.

Abdullah Ibn Az-Zubair perguntou a sua mãe doente, Asmaa Bint Abi Bakr como você ela estava se sentindo e ela respondeu que estava com dor.

O doente deve agradecer e louvar Allah, antes de falar ou reclamar de sua angústia.

Ibn Massud disse que as pessoas devem agradecer a Allah antes de reclamar da sua dor.

O profeta Jacob (AS) disse: “Só exponho perante Allah o meu pesar e a minha angústia” (Alcorão 12:86).

O Profeta Muhammad (SAW) disse: “Ó Allah, perante Ti eu exponho a minha fraqueza!”

O doente receberá as mesmas recompensas por seus atos como quando era saudável

Abu Mussa Al-Achaari relatou que o Profeta (SAW) disse: “Se uma pessoa estiver doente ou em viagem, receberá as mesmas recompensas por seus atos como quando era saudável e residente”.

Hierarquia do Artigo:
Artigos Livro: Fiqh al Sunnah Livro: Fiqh Al Sunnah (Parte VI) - Os Funerais


Navegação de Artigos:

<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>
Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Página Inicial | Últimos Artigos | Crenças do Islã | A Outra Vida | Evidência do Islã | Religião Comparada | Perguntas e Respostas | Busca | Contato |
Centro Islâmico Brasileiro (c) 2009-2017. Todos os direitos reservados.
Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones.
Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3
voltar ao topo