Ouça o Alcorão
Já está disponível em nosso
site o "Nobre Alcorão e seus
Significados em Português"
saiba mais



Leia o Alcorão
Agora além de poder ouvir a
bela recitação do Alcorão,
você também pode ler,...
saiba mais



Du'as - Súplicas
Aprenda como recitar de maneira correta os du'as (suplicas) em arabe saiba mais


Biblioteca Islâmica
"A teoria da evolução foi
tratada em capítulo à parte,
pelo fato de que constitui a
base de todas..." saiba mais



Assine nosso Jornal
Assine nosso Jornal Islâmico Online e receba no seu email as últimas atualizações do nosso site saiba mais



Perguntas e Respostas
Sinta-se à vontade para tirar todas suas dúvidas referente ao islam, alcorão, profeta mohammad, saiba mais



Civilização Islâmica
Dentro de poucos anos do crescimento do Islam no mundo, grandes civilizações floresceram saiba mais


Convertidos ao Islam

Nesta seção você conhecerá a história de pessoas que descobriram no Islam a Luz para as suas vidas. saiba mais

Posicionamento do Islam em relação a outras religiões
Clique aqui para retornar às Categorias de Artigos

https://globalehsan-live.storage.googleapis.com/upload/img_cache/file-10634-75f0a8709ca90260a583a483501c7123.jpg

 

Todos os louvores são para Allah.

A regra do Islam sobre outras religiões é que todas elas são fabricadas e falsas, ou revogadas.

As religiões falsas e fabricadas são como a antiga prática árabe de adorar ídolos e pedras.

As religiões revogadas são aquelas que foram ensinadas pelos Profetas que vieram antes de nosso Profeta Muhammad (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele). Elas são válidas porque suas origens são de Allah, mas o Islam veio e ocupou seu lugar, não no que diz respeito a crenças básicas como a existência de Deus, dos anjos, do Paraíso e do Inferno, pois esses são assuntos que todos os Mensageiros têm em comum, mas há diferenças entre eles no que diz respeito às formas de adoração e aproximação de Allah por meio de oração, jejum, peregrinação, esmolas, etc. Os seguidores posteriores aos Profetas caíram em desvios de crença e shirk (politeísmo), mas o Islam veio ressaltar isso e trazer as pessoas de volta à crença correta ensinada pelos Profetas anteriores.

Foi narrado que Abu'l-Darda' (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: 'Umar trouxe algumas páginas da Tawraat (torá) ao Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) e disse: “Ó Mensageiro de Allah, estas são algumas páginas da Tawraat que peguei de um irmão meu de Banu Zuraiq.” A expressão do Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) mudou, e ‘Abd-Allah ibn Zaid – a quem foi revelado o adhaan [em um sonho] – disse: “Allah te tirou o senso? Tu não vês a expressão no rosto do Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele)?” 'Umar respondeu: "Estamos satisfeitos com Allah como nosso Senhor, com o Islam como nossa religião, com Muhammad como nosso Profeta e com o Alcorão como nosso guia." Então o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) relaxou e disse: “Por Aquele em cujas mãos está minha alma, se Mussa viesse entre vós e vós o seguísseis e me deixassem, vós teríeis ido muito longe. Vós sois o meu quinhão entre as nações e eu sou o vosso quinhão entre os Profetas”. (Narrado por Ahmad, 15437).

Ibn Hajar disse:

Todas isnaads (cadeias de transmissão) deste hadith são tais que não podem ser tomadas como evidência individualmente, mas quando tomadas em conjunto, elas comprovam que este hadith está correto. (Fath al-Baari, 13/525).

A evidência disso é o versículo em que Allah diz (interpretação do significado):

“E quem busca outra religião que o Islam, ela não lhe será aceita e ele, na Derradeira Vida, será dos perdedores.” [Aal ‘Imran 3:85]

Imam al-Tabari disse em seu comentário sobre este versículo:

O que Allah quer dizer com isso é que quem procura uma religião para seguir, que não o Islam, Allah nunca aceitará isso dele, ‘e ele, na derradeira vida, será um dos perdedores’, ou seja, um daqueles que se privaram de sua parte da misericórdia de Allah.” (Tafsir al-Tabari, 3/339)

O Islam não os considera (seguidores de outras religiões) apenas como pecadores, mas como kuffar (incrédulos) que permanecerão para sempre no Fogo do Inferno, conforme afirmado no versículo citado acima.

Ele (o kaafir) será um perdedor no Inferno e não sairá dali. Não é possível para um kaafir entrar no Paraíso a menos que se torne muçulmano. Allah diz (interpretação do significado):

“Por certo, aos que desmentem Nossos sinais e, diante deles, se ensoberbecem, não se lhes abrirão as portas do céu nem entrarão no Paraíso, até que o camelo penetre no fundo da agulha. E, assim, recompensaremos os Mujrimun (criminosos, politeístas, pecadores).” [al-A’raaf 7:40]

Foi comprovado que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Por Aquele em cujas mãos está minha alma, ninguém desta nação, judeu ou cristão, ouvirá falar de mim e não crerá naquilo com o qual Eu fui enviado, sem que seja uma das pessoas do Inferno.” (Narrado por Muslim).

Pedimos a Allah que guie os buscadores da verdade de outras religiões para que examinem a religião do Islam e seu Livro, o Alcorão. Que Allah os guie e abra seus corações para entrarem no Islam.

 

https://islamqa.info/pt/answers/21534/posicionamento-do-islam-em-relacao-a-outras-religioes

Hierarquia do Artigo:
Artigos Religião Comparada Posicionamento do Islam em relação a outras religiões


Navegação de Artigos:

<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>
Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Página Inicial | Últimos Artigos | Crenças do Islã | A Outra Vida | Evidência do Islã | Religião Comparada | Perguntas e Respostas | Busca | Contato |
Centro Islâmico Brasileiro (c) 2009-2023. Todos os direitos reservados.
Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2023 by Nick Jones.
Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3
voltar ao topo